Pular para o conteúdo
Voltar

Arena Governador José Fragelli é liberada

Gláucio Nogueira | Sael-MT

A | A

A Secretaria Adjunta de Esporte e Lazer de Mato Grosso (Sael/MT) conseguiu na tarde desta quarta-feira (14) o laudo para a liberação da Arena Governador José Fragelli. O documento foi expedido após a conclusão dos trabalhos de inspeção por parte dos técnicos da Vigilância Sanitária de Cuiabá.

O laudo será encaminhado à Federação Mato-grossense de Futebol (FMF), entidade responsável por fazer a comunicação à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) que, por sua vez, expedirá o documento liberando o estádio para receber torcedores nas partidas oficiais em competições organizadas por ela.

Conforme o documento elaborado pela Vigilância Sanitária, a Arena Governador José Fragelli alcançou 61,81% dos critérios quantitativos de avaliação, um crescimento de 3% em relação ao ano passado, quando o estádio foi liberado com 58%. “Isso, na prática, significa que conseguimos avançar na manutenção da arena ao longo do ano. É uma importante evolução”, destacou o secretário adjunto de Esporte e Lazer, Leonardo de Oliveira.

Entre os pontos verificados pela equipe de fiscalização, estão a qualidade de água usada nas caixas d’água do estádio e a verificação da vigência do certificado de dedetização. “São mais de 400 pontos que são analisados pela vigilância e, com a liberação, estamos aptos a receber qualquer evento esportivo novamente”, pontuou o secretário.

O alvará faz parte de um conjunto de documentos que são necessários para certificação de que o lugar está regular junto aos órgãos fiscalizadores. Fazem parte desta lista os Alvarás de Prevenção e Combate de Incêndio e Pânico (Corpo de Bombeiros), de Funcionamento (Prefeitura), de Licença de Operação da Sema (Sema) e o Sanitário (Vigilância Sanitária).

A Sael/MT lamenta eventuais transtornos causados pelos oito dias em que o estádio esteve sem o laudo. “Desde o ano passado, quando assumimos a operação da Arena Governador José Fragelli, temos trabalhado para melhorar cada vez mais as condições do estádio, fazendo a manutenção preventiva e os reparos necessários. O mais importante é que superamos esta etapa”, finalizou o secretário.