Pular para o conteúdo
Voltar

Vencedores da competição são premiados

Gláucio Nogueira | Sael-MT

José Medeiros / GCom
A | A

Foi realizada na manhã desta quinta-feira (01.03) a cerimônia de premiação dos vencedores da 10ª edição do Peladão, uma das maiores competições do futebol amador no Brasil. O campeonato, decidido na Arena Governador José Fragelli, reuniu 324 equipes e sagrou o Novo Horizonte como campeão.

O evento é realizado pela Federação Mato-grossense de Futebol de 7 (FMF7) e conta com o apoio do Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria Adjunta de Esporte e Lazer (Sael-MT), além de emendas parlamentares.

A direção do Novo Horizonte recebeu das mãos do secretário de Estado de Cidades, Wilson Santos, as chaves de uma caminhonete avaliada em R$ 90 mil. Ao fazer a entrega, Santos destacou que o intuito do evento, mais do que a competição, é proporcionar diversão para a população, que se envolve com o futebol amador.

“É constitucional o direito ao esporte e lazer. Este não é um campeonato só para competição, a grande maioria participa no sentido do entretenimento, diversão e lazer, este é o conceito do campeonato”, destacou Santos, autor da emenda parlamentar que ajudou na realização do evento.

Técnico da equipe vencedora, Marcelo Alves, lembrou a trajetória do time até o primeiro título, vencido em uma emocionante disputa de pênaltis, passando por nove fases. “A gente tinha o sonho antigo e esta conquista veio coroar o trabalho que fizemos com o futebol amador. Nada é maior que o retorno esportivo, o prazer de ganhar o campeonato”.

Outro premiado foi o time da Liga da Justiça, do bairro Pedregal. O vice-campeonato, o terceiro em quatro finais consecutivas, rendeu um carro avaliado em R$ 40 mil. Diretor do time, Sérgio Borges lembra que esta foi a sexta participação da equipe, fundada há 10 anos, na competição. “Nossa participação foi muito boa. Em seis anos conseguimos um título e três vice-campeonatos. Queremos o título deste ano”.

Secretário adjunto de Esporte e Lazer, Leonardo de Oliveira destacou que o fomento ao esporte está entre as principais atividades da pasta. “Por conta disso, é motivo de orgulho ver o sucesso do torneio, que movimenta atletas, árbitros e dezenas de comunidades da baixada cuiabana”.

Conforme Santos, a expectativa para a 11ª edição é reunir mais de 400 equipes. “Já estamos renovando as emendas, o governo já garante os recursos e vamos fazer um Peladão com mais de 400 equipes, cada vez mais aprimorado, envolvendo mais de 30 mil pessoas”. O terceiro colocado recebeu uma motocicleta.