Pular para o conteúdo
Voltar

“A Arena Pantanal é um dos melhores estádios do mundo”, diz vice-presidente da Conmebol

Sem público, sem aglomeração e com todos – delegações, organizadores, imprensa, policiais - testados para Covid-19 (testes do tipo PCR), equipes da Colômbia e do Equador se enfrentaram na primeira rodada da Copa América
Protásio de Morais | Secel-MT

Na Arena Pantanal, na abertura da Copa América neste domingo (13), a Colômbia venceu o Equador por 1 a 0 - Foto por: Secel-MT
Na Arena Pantanal, na abertura da Copa América neste domingo (13), a Colômbia venceu o Equador por 1 a 0
A | A

O presidente da Federação Colombiana de Futebol e 1º vice-presidente da Conmebol, Ramón Jesurún Franco, realçou as qualidades da Arena Pantanal na partida de abertura da Copa América, neste domingo (13). 

“A Arena Pantanal é um cenário precioso, lindo, um dos melhores estádios do mundo. Estamos muito felizes em poder estar aqui em Cuiabá hoje”, destacou.

Sem público, sem aglomeração e com todos – delegações, organizadores, imprensa, policiais - testados para Covid-19 (testes do tipo PCR), as equipes da Colômbia e do Equador se enfrentaram na primeira rodada da Copa América. A Colômbia venceu por 1 a 0. 

"A Arena Pantanal está realmente linda, e novamente ganha destaque entre os grandes estádios de futebol. E tudo está ocorrendo com muita cautela e seriedade. É importante observar que a competição está sendo realizada seguindo um rigoroso protocolo sanitário. As delegações da Colômbia e do Equador chegaram testadas e continuarão sendo testadas durante todo o evento. Todas as pessoas que acessaram o estádio neste domingo tiveram que apresentar testes negativos para Covid-19”, reforçou o secretário de Estado de Cultura, Esporte e Lazer, Beto Dois a Um.

Desde a chegada das delegações esportivas, na sexta-feira (11), um forte esquema de segurança foi montado em cada traslado das equipes – antes e após a partida - e ao redor do complexo esportivo – no dia do jogo - para evitar qualquer tipo de aglomeração. Todos os policiais envolvidos no esquema de segurança estão vacinados contra a Covid-19 ou tiveram que passar por testes para identificar se estão ou não com vírus ativo. 

Todas as partidas (serão cinco jogos na Arena Pantanal) ocorrerão sem público. Os profissionais que trabalharam no jogo de estreia dentro da Arena Pantanal, seja na organização da Copa América ou na cobertura do evento têm que passar por testes de Covid-19 a cada 48 horas, tendo jogo ou não, até o fim da fase de grupos em Cuiabá (vale para todos os jogos). 

Forças de segurança do Estado organizaram o fechamento do entorno da Arena Pantanal e dos locais de treino das seleções, ruas de acesso ao estádio e de treinamento, escolta do aeroporto e nos hotéis.

“Da saída das aeronaves até os dois hotéis em Cuiabá que hospedaram as delegações, não houve contato com público. Além disso, ninguém entra no estádio sem que seja testado antes”, explica Jefferson Neves, secretário adjunto de Esporte da Secel. 

Reaquecimento da economia durante a Copa América

A presidente do Sindicato das Empresas de Eventos de Mato Grosso, Alcimar Moretti, enxerga a realização de jogos da Copa América em Mato Grosso, competição marcada para ter início neste domingo (13), na Arena Pantanal, como positiva para o setor.

“São sete países da América do Sul assistindo jogos realizados em Mato Grosso, que é um destino turístico em potencial. Então, é importante que esse destino seja divulgado. Com certeza vai repercutir positivamente em 2022. Acredito que seja muito positiva a vinda da Copa América para o estado”, afirmou.

Para Luiz Carlos Nigro, presidente do Sindicato Intermunicipal de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do Estado de Mato Grosso (SHRBS-MT), esta é uma oportunidade de reaquecer o setor, tão prejudicado em tempos de pandemia, e movimentar a economia de toda uma cadeia produtiva.

“Faz tempo que não tínhamos um movimento tão bom no setor de hotelaria. Agradecemos ao governador Mauro Mendes e ao secretário de Estado de Cultura, Esporte e Lazer, Beto Dois a Um, por trazerem a Copa América para Cuiabá. E não é só a hotelaria que ganha, empresas de aluguel de vans ganham, de turismo, taxistas, recepcionistas de eventos, vários profissionais contratados, organizadores. Vai movimentar toda uma cadeia que faz girar a economia. E claro, seguindo à risca todos os protocolos de biossegurança exigidos”, ressalta Nigro.

“Parabenizo o governador Mauro Mendes e a primeira-dama Virginia Mendes por compreenderem com tamanha clareza a grandiosidade e potencial desse importante aparelho esportivo de Mato Grosso. Uma boa oportunidade para reaquecer a economia durante a Copa América. Centenas de empregos diretos e indiretos foram criados para a Copa América em Mato Grosso, desde que as delegações chegaram à Cuiabá”, destaca Beto Dois a Um. 

Mais elogios à Arena Pantanal

Recentemente, Carlos Alves, coordenador da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) esteve em Cuiabá para conferir as adequações da Arena Pantanal para o Campeonato Brasileiro. A Arena renovada acabou por chamar a atenção da CBF, fazendo com que o estádio mato-grossense fosse selecionado para sediar a Copa América. 

“O Governo de Mato Grosso está dando um tratamento à altura para esse estádio de Copa do Mundo, um merecido estádio. Parabéns pelas reformas realizadas. A Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer está de parabéns”, disse Carlos Alves, coordenador da CBF.

“Estamos muito felizes com os resultados alcançados. A Arena Pantanal está linda, pronta para receber as partidas do Brasileirão e da Copa América. Em nome do governador Mauro Mendes, da primeira-dama Virginia Mendes, e de toda a equipe da Secel, recebo com alegria o reconhecimento da CBF”, diz o secretário Beto Dois a Um.